cebolinhacascao

Corinthians aproveita Derby para se destacar nas redes sociais

Assim como outros clubes vêm fazendo, Corinthians e Palmeiras se uniram na divulgação do Derby do Centenário. O que costuma aumentar o engajamento nas redes sociais e a atenção em volta das partidas com ações conjuntas.

Mas quem mais se beneficiou do clássico, nas redes sociais, foi o Corinthians. O clube conseguiu engajamentos impressionantes.

Os gráficos são de primeiro de outubro até o dia do jogo. Para facilitar a visualização do tamanho do engajamento de domingo.

Twitter

derbyfacebook

derbyinstagram derbyyoutube

Claro que o resultado positivo animou mais a torcida corinthiana, mas não foi só isso. No ponto do dia 4, véspera da partida, o alvi-negro já tinha um engajamento bem expressivo. Sem nenhuma relação com o resultado. Cada vez se mostra mais importante usar o pré-jogo para aproveitar a empolgação da torcida e conteúdo de apoio ao clube para os seguidores curtirem, compartilharem e aproveitarem.

 

fbsquare

Clubes paulistas dominam o Facebook

Assim como os clubes do Rio dominam o engajamento absoluto do Twitter, os de São Paulo fazem o mesmo no Facebook.

As duas redes possuem públicos diferentes e precisam ser impactados conforme suas características particulares. Enquanto o Facebook dá mais espaços para textões e é mais formal, o Twitter, com mensagens curtas, depende mais do momento, é mais informal e direto.

Curiosamente, os clubes paulistas dominam o engajamento absoluto, no Facebook. Em 2017 (até 19/10) 3 dos 4 clubes de maior engajamento na rede social são de São Paulo.

top10facebook

Ao contrário de alguns clubes cariocas, que possuem um engajamento, no Twitter, bem acima do que seria esperado com a quantidade de seguidores, no Facebook, os paulistas seguem a tendência do ranking de seguidores.

Ranking de seguidores no Facebook:

seguidoresfb

Os clubes de São Paulo estão sabendo usar a quantidade de seguidores para se manter no topo do ranking de engajamento. A comunicação deles com os fãs tem funcionado melhor no Facebook que no Twitter, onde times do Rio com menos seguidores conseguem engajamentos mais expressivos.

Os torcedores do Facebook, em geral, curtem mais os assuntos ligados diretamente às partidas. Resultados, lances, entrevistas coletivas e outros assuntos semelhantes. Não se interessam tanto pelo que foge mais do que acontece no jogo.

E se formos analisar clube a clube, veremos diferenças entre eles também. A comunicação de cada clube em cada mídia diferente deve ser personalizada para a preferência de cada público. O que se aplica para um o Corinthians no Facebook vai ter o mesmo efeito que pro Flamengo ma mesma rede. Ou o que o Botafogo faz no Twitter vai funcionar da mesma maneira no Instagram. Por exemplo.

Por isso temos diversas análises no sistema do Futebol Retweet. Engajamento absoluto, por torcedor, por post, temas que engajam mais, gráficos comparativos e dezenas de outras funções. Para facilitar o cruzamento de dados que possibilita um melhor entendimento das redes e a medição do sucesso.

 

 

Também fizemos um texto sobre o domínio dos clubes do Rio no Twitter.

 

dinheiro

Rede social é dinheiro para os clubes de futebol

Muitas vezes quando publicamos engajamentos expressivos de clubes de futebol, ironizam o “Troféu RT”. Torcedores de times adversários e até os do próprio time em destaque.

O que muitos não sabem, ou ignoram, é que as redes sociais valem muito dinheiro.

Já fizemos um texto mostrando que o Real Madrid fatura mais com as redes que com patrocínio master. O Cristiano Ronaldo ganha mais de um milhão de reais por post no Instagram. Tem muito dinheiro entrando nessa área.

Continue lendo

palmeiras

Clássico paulista teve mais engajamento que o carioca

No domingo (19 de março) foram disputados clássicos no Rio e em São Paulo, ao mesmo tempo. Fizemos uma comparação do engajamento (no Twitter) dos quatro times que entraram em ação.

tabela

O Palmeiras foi o vencedor do clássico de SP, e o maior pontuador do dia. Foi responsável por quase 15% do engajamento do dia.

Boa parte disso foi graças ao resultado da partida. O tweet de maior engajamento do alvi-verde foi exaltando a virada, com mais de nove mil pontos de engajamento.

Continue lendo

tweet-atletico-go-drogba-2

Provocação a outros times ajuda clubes com poucos seguidores conseguirem grande engajamento relativo

Muitas vezes baseamos nossas análises, no Twitter, no engajamento absoluto. Onde o que importa é o número de RTs e Favs para analisar quais tweets tiveram a maior visibilidade e interações. Mas também temos outras análises. Como o engajamento por seguidor.

Principalmente no Twitter, é um gráfico bem volúvel. Principalmente quando um time com poucos seguidores consegue viralizar um post. Geralmente quando vence um adversário de mais tradição (e os rivais do derrotado dão RT para provocar) ou quando parte pro humor.

Engajamento Absoluto

Nesse início de fevereiro, esse é o gráfico de engajamento absoluto de Atlético Goianiense, Botafogo, Flamengo e Palmeiras.

twitter-engajamento-absoluto

Continue lendo

tw-fbsquare

Início do Paulistão reflete no engajamento do Twitter. Mas não no Facebook.

Semana passada, fizemos um texto mostrando que sem a disputa de um campeonato, os clubes paulistas estavam com engajamento abaixo do normal. Comparando com os números de 2016. Agora, com o início do Paulistão, refizemos a análise tanto do Twitter, como do Facebook.

Twitter

A primeira coluna é a colocação do time no ranking de engajamento de 2016. A segunda, é de antes do Campeonato Paulista começar, mas com outros estaduais já em andamento. A terceira é da rodada desse fim de semana, incluindo a sexta-feira. Tudo isso no Twitter.

Ranking Engajamento Estaduais Twitter

O início do Paulistão teve um reflexo imediato no engajamento dos times paulistas.

Mesmo com a derrota do São Paulo, o clube teve um bom engajamento até por conta da provocação dos rivais. Dos 6 tweets de maior engajamento do clube, no dia, 4 foram os gols do Audax e um o post da divulgação do fim da partida.

Continue lendo

Facebook não repercute tanto os estaduais, como o Twitter

A análise do Twitter, nesse início de temporada, mostrou como a rede social é mais diretamente ligada aos campeonatos em curso. Já o Facebook tem um comportamento mais independente.

Enquanto os clubes paulistas apresentaram um engajamento bem inferior, no Twitter, por ainda não ter começado o Campeonato Paulista, no Facebook o desempenho dos clubes de São Paulo foi bem menos impactado por só disputarem amistosos.

Enquanto no segundo semestre de 2016, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos tiveram boas posições no ranking de engajamento do Twitter, eles caíram bastante nessa semana na qual o Paulistão ainda não começou. SCCP (de 3º para 6º) SPFC (de 4º para 12º) SEP (de 6º para 9º) SFC (de 7º para 11º). Somando 18 posições perdidas na lista.

Comparativo Twitter

Continue lendo

Top3 Tweets do Palmeiras, em 2016

Os 3 tweets de maior engajamento do Palmeiras, em 2016.

Continue lendo

As características das torcidas no Twitter

Em agosto do ano passado começamos a monitorar as redes sociais dos 20 times da Série A. Com isso, identificamos características interessantes das torcidas de vários dos clubes. E elas fariam em cada rede social.

Decidimos divulgar imagens com algumas dessas curiosidades sobre os torcedores.

As estatísticas são relativas aos melhores posts entre agosto e dezembro de 2016, e tivemos que excluir as homenagens à Chapecoense. Que foram responsáveis por 46% do total de pontos de engajamento, no período (no Twitter). Acabaram deixando o gráfico assim:

grafico-geral

Continue lendo

capaconmonguefb

O Impacto de Grandes Contratações no Facebook

Depois de fazer um texto sobre o impacto das contratações no Twitter, resolvemos comparar com os números do Facebook, das principais contratações desse início da temporada 2017.

fbpontosab

A ordem de pontuação de engajamento, com números absolutos, é a mesma. Mas os picos são bem diferentes.

O do Botafogo (dia 29) é por causa do Montillo, que foi anunciado quase à meia noite do dia 27.

No Palmeiras também está claro que a contratação do Guerra foi divulgada no dia 27, mas contou com outros picos claros. Bem mais expressivos que os do Twitter, no mesmo período.

Curiosamente, dias 2 (anúncio oficial) e 3 (posts de suporte do anúncio) não foram os picos do Flamengo. A chegada do Conca ajudou o clube a manter um engajamento bem expressivo que já vinha mantendo. E não foi o suficiente para criar uma pontuação ainda maior.

Mas a maior curiosidade é quando observamos o gráfico que leva em consideração a pontuação por seguidor do time.

fbpontosis

Ao contrário do Twitter, onde o Flamengo manteve a ponta no engajamento por seguidor, aqui o rubro-negro (mesmo com alto engajamento total) ficou atrás de Botafogo e Palmeiras.

Isso não quer dizer, necessariamente, que o Botafogo faz um melhor trabalho no Facebook do que no Twitter e o Flamengo tem o mérito oposto. São análises diferentes. Que passam até pelo fanatismo do torcedor de cada clube em cada rede social.

Como já mostramos aqui com outros exemplos, a torcida de um mesmo clube tem desempenhos bem diferentes em cada rede social. O que funciona bem em uma pode não funcionar tão bem na outra. Os clubes precisam saber alinhar o discurso a cada rede. E mesmo assim, podem nunca conseguir o mesmo desempenho em todas elas.

Quem tiver dúvidas de como funcionam esses gráficos, temos uma explicação aqui.