Flamengo apoiando causa LGBT

Clubes aproveitam o dia do orgulho LGBT para promover a inclusão em suas torcidas

Ontem (28/06/2017) foi o Dia do Orgulho LGBT, e pela primeira vez tivemos grandes clubes brasileiros mostrando apoio à causa que ainda é tabu no futebol.

O primeiro clube a fazer isso foi o Flamengo.

Além dos RTs e Curtidas, ainda foram mais de 600 respostas ao tweet. Claro que alguns reclamaram da homenagem, mas a maioria reagiu positivamente

O post teve um desempenho tão bom que mesmo em dia de jogo pela Copa do Brasil conseguiu o segundo maior engajamento do clube no dia 28.

flatw

Ficou à frente até de um dos gols da partida.

No Top10 de tweets entre todos os times, teve mais uma homenagem ao dia. A do Inter, em nono.

top10tw

O Colorado foi o primeiro a acompanhar o Flamengo na homenagem.

O tweet está com o segundo maior engajamento do mês, no Twitter do Inter.

Depois veio o Avaí.

Até agora o segundo maior engajamento de junho, no Twitter do clube.

E mais tarde o Grêmio.

No momento é o quarto maior engajamento do Grêmio, no mês.

O interessante é que em maio o tricolor gaúcho já tinha feito uma ação contra a homofobia, mas teve um engajamento menor.

E também teve pouca repercussão, comparada à dos posts de ontem.

O São José também entrou na campanha, e foi até mais forte no posicionamento, falando até em criminalização da homofobia.

Antes do dia acabar, o Bahia também mostrou apoio à causa.

É o quarto tweet de maior engajamento do tricolor baiano em junho.

No geral, fica a impressão de que os clubes ainda estão receosos em abordar um assunto tabu no futebol. Apenas 6 clubes tiveram a coragem de fazer isso. Mas como a recepção das torcidas foi mais positiva que negativa, em breve devemos ver mais clubes apoiando essa e outras causas.

Nesses casos é muito comum torcedores de outros times compartilharem as mensagens. O clubismo diminui nesses casos e os clubes atingem diferentes públicos.

E não foram só os clubes. O Mineirão e a Federação Mineira também prestaram suas homenagens.

Com a receptividade majoritariamente positiva de suas próprias torcidas, e o reconhecimento até de quem não gosta de futebol, certamente será cada vez mais comum que outros clubes apoiem essa causa, e outras.

Diferenças nos gráficos de engajamento

Aqui no Futebol Retweet, atualmente, temos 3 opções diferente de visualização de engajamento em gráficos.

Como exemplo, usarei os números dos 4 clubes de maior engajamento (pontuação absoluta), no Twitter, em dezembro de 2016.

O primeiro gráfico é o mais simples. Pega os números absolutos dos cálculos de engajamento que nos baseamos.

absolutos

No segundo gráfico usamos o Índice de Seguidores. Dividimos a pontuação total pela quantidade de seguidores do perfil e multiplicamos o número por 10.000 (para não ficar muito quebrado). Isso tende a beneficiar os clubes com menos seguidores.

relativo

Muda tanto o ranking que dos 4 primeiros do ranking absoluto, apenas Flamengo e Chapecoense se mantêm nas primeiras colocações.

g4relativo2

No Twitter, esse gráfico alterna bastante. Muitas vezes um clube, derrotado em uma partida, consegue muitos retweets graças às torcidas adversárias, que adoram a ‘desgraça alheia’.

Ainda temos a quantidade de pontos por cada tweet. Para tentar equilibrar os times que postam muito e os que postam pouco.

portweet

Como em dezembro a Chapecoense teve um grande engajamento e publicou poucos tweets, fica até discrepante o gráfico.

Mais uma vez, o top4 mudou em relação ao de pontuação absoluta.

g4porpost

Por essas diferenças é importante analisar os 3 gráficos, para avaliar profundamente as redes sociais dos clubes. Cada um dos gráficos tem uma importância específica.

E em cada rede social esses rankings são diferentes.

 

 

 

GraficoClubesOuroFutebol_wm

Os Clubes pegaram carona no ouro. E se deram bem.

Dia 20 de agosto, o Brasil finalmente conseguiu a medalha de ouro no futebol masculino. E todas as atenções estavam voltadas para a conquista.

O que os clubes fizeram? Pegaram carona.

Os 4 clubes que mais pontuaram no dia (Flamengo, Corinthians, São Paulo e Grêmio) aproveitaram para tirar uma casquinha da medalha.

Nos quatro casos, os picos de interação foram com pontuações expressivas de tweets relacionados ao time olímpico de futebol.

As torcidas adoram ligações com os clubes. Mesmo que sejam apenas camisas presenteadas. Quem soube aproveitar isso teve um ótimo resultado.