fbsquare

Clubes paulistas dominam o Facebook

Assim como os clubes do Rio dominam o engajamento absoluto do Twitter, os de São Paulo fazem o mesmo no Facebook.

As duas redes possuem públicos diferentes e precisam ser impactados conforme suas características particulares. Enquanto o Facebook dá mais espaços para textões e é mais formal, o Twitter, com mensagens curtas, depende mais do momento, é mais informal e direto.

Curiosamente, os clubes paulistas dominam o engajamento absoluto, no Facebook. Em 2017 (até 19/10) 3 dos 4 clubes de maior engajamento na rede social são de São Paulo.

top10facebook

Ao contrário de alguns clubes cariocas, que possuem um engajamento, no Twitter, bem acima do que seria esperado com a quantidade de seguidores, no Facebook, os paulistas seguem a tendência do ranking de seguidores.

Ranking de seguidores no Facebook:

seguidoresfb

Os clubes de São Paulo estão sabendo usar a quantidade de seguidores para se manter no topo do ranking de engajamento. A comunicação deles com os fãs tem funcionado melhor no Facebook que no Twitter, onde times do Rio com menos seguidores conseguem engajamentos mais expressivos.

Os torcedores do Facebook, em geral, curtem mais os assuntos ligados diretamente às partidas. Resultados, lances, entrevistas coletivas e outros assuntos semelhantes. Não se interessam tanto pelo que foge mais do que acontece no jogo.

E se formos analisar clube a clube, veremos diferenças entre eles também. A comunicação de cada clube em cada mídia diferente deve ser personalizada para a preferência de cada público. O que se aplica para um o Corinthians no Facebook vai ter o mesmo efeito que pro Flamengo ma mesma rede. Ou o que o Botafogo faz no Twitter vai funcionar da mesma maneira no Instagram. Por exemplo.

Por isso temos diversas análises no sistema do Futebol Retweet. Engajamento absoluto, por torcedor, por post, temas que engajam mais, gráficos comparativos e dezenas de outras funções. Para facilitar o cruzamento de dados que possibilita um melhor entendimento das redes e a medição do sucesso.

 

 

Também fizemos um texto sobre o domínio dos clubes do Rio no Twitter.

 

twsquare

Clubes cariocas dominam o Twitter

Sempre abordamos as diferenças de comportamento nas redes sociais.

Twitter e Facebook, por exemplo, possuem públicos diferentes e precisam ser impactados conforme suas características particulares. A rede de mensagens curtas depende mais do momento, é mais informal e direta. Enquanto o Facebook dá mais espaços para textões e é mais formal. Entre várias outras diferenças de comportamento e formato que podemos fazer entre as redes.

Curiosamente, os clubes cariocas dominam o engajamento absoluto, no Twitter. Em 2017 (até 18/10) 3 dos 4 clubes de maior engajamento na rede social são do Rio de Janeiro.

Top 10 Twitter

E isso não é um reflexo da quantidade de seguidores. Os clubes cariocas estão à frente de adversários que possuem muito mais seguidores.

Ranking de seguidores no Twitter:

Ranking Seguidores Twitter

Como não é um reflexo do tamanho da audiência, podemos avaliar que os clubes do Rio estão se comunicando muito bem com seus torcedores no Twitter. Tanto por uma questão de preferência de suas torcidas, como por acertarem no tom que o torcedor que está nesta rede social gosta.

Uma outra característica de torcidas no Twitter é que costumam ser seguidores mais atentos a assuntos extra-campo. Como notícias sobre projeto de estádio e novidades de Centro de Treinamento. Contratações de jogadores também têm um engajamento maior que no Facebook, relativamente.

E se formos analisar clube a clube, veremos diferenças entre eles também. A comunicação de cada clube em cada mídia diferente deve ser personalizada para a preferência de cada público. O que se aplica para um o Flamengo no Twitter vai ter o mesmo efeito que pro Corinthians ma mesma rede. Ou o que o São Paulo faz no Facebook vai funcionar da mesma maneira no Instagram. Por exemplo.

Por isso temos diversas análises no sistema do Futebol Retweet. Engajamento absoluto, por torcedor, por post, temas que engajam mais, gráficos comparativos e dezenas de outras funções. Para facilitar o cruzamento de dados que possibilita um melhor entendimento das redes e a medição do sucesso.

 

Também temos um texto sobre o domínio dos clubes paulistas no Facebook.

Mensagem, do Flamengo,  de apoio ao Éderson

Engajamento em apoio a Éderson mostra solidariedade das torcidas.

Estamos mais acostumados a ver episódios de violência relacionados ao futebol, mas ainda existem momentos de apoio sem clubismo.

Ontem, o meia Éderson, do Flamengo, divulgou que está com um tumor, e vai precisar se afastar (temporariamente) para fazer o tratamento. Pegou todos de surpresa. E começaram as demonstrações de apoio ao jogador. Não só do Flamengo e torcedores rubro-negros. Dezenas de clubes do Brasil e do exterior fizeram posts apoiando o jogador.

clubes

 

Com isso até descobrimos que jogadores como Douglas, do Avaí, e William Menezes, do Coritiba, passaram por problemas semelhantes, se recuperaram e voltaram a jogar.

Todas as manifestações de apoio ao jogador tiveram um engajamento expressivo. Tanto que o dia 24 de julho foi o dia de maior engajamento médio do mês. Mesmo apenas com duas partidas com times monitorados pelo Futebol Retweet.

grafico

O que deixa ainda mais claro o apoio dos torcedores de vários clubes é o fato de 20 dos 21 tweets de maior engajamento do dia serem sobre o Éderson.

tabela1

tabela2

tabela3

O único “intruso” foi a comemoração da classificação da Chapecoense na sulamericana. Mesmo assim, apenas em 18º.

Reação parecida, mas em volume menor, que o apoio dos clubes depois do acidente da Chape. Comprovando que em momentos difíceis, o clubismo fica de lado.

 

linhainvertidosquare

Para que servem diferentes medições de engajamento?

Na última semana, muitos perguntaram, no nosso Twitter, sobre uma matéria do Lance! sobre o Botafogo ser líder em engajamento, entre os 12 maiores times do Brasil (e a Chapecoense). Segundo um outro software de monitoramento.

E confirmamos que o Botafogo teve um ótimo desempenho no quesito engajamento por seguidor. Aliás, já tínhamos feito uma análise sobre o mês de janeiro, onde o Botafogo liderava o ranking de engajamento por seguidor no Facebook e Instagram.

Mas isso é pouco para poder afirmar que alguém tem o maior engajamento. No Futebol Retweet usamos 3 rankings de engajamento. O Absoluto (pontuação total) o Por Seguidor (pontuação dividida pelos seguidores) e Por Post (pontuação dividida por postagem).

Continue lendo

linhainvertidosquare

Rankings de engajamento das redes sociais [FEVEREIRO 2017]

Rankings de engajamento, em fevereiro, dos 20 times da Série A, de 2017, e os quatro que caíram em 2016. Quem quiser, pode comparar com os números de janeiro.

Twitter

ranking-engajamento-twitter-fevereiro-2017

Assim como em janeiro, o Flamengo segue liderando, com folga, no Twitter. Com mais de 30% do engajamento total no mês, se mantém com o primeiro lugar. Os principais picos de pontuação foram nas vitórias nos clássicos contra Botafogo e Vasco, que também contaram com provocações aos adversários.

Continue lendo

Os times que mais engajaram, no Twitter, em 2016

Com as estatísticas de 2016 fechadas, resolvemos analisar os maiores pontuadores de 2016. À partir de agosto, quando começamos o monitoramento.

twitter2016

Flamengo, Chapecoense, Corinthians e São Paulo foram os times com melhor desempenho, no período.

A Chapecoense atingiu mais de dois milhões de pontos, em novembro. Reflexo direto do acidente de avião do time. O que mostra que todas as torcidas tentaram demonstrar apoio, mesmo que interagindo nas redes sociais. Os outros mantiveram desempenhos bem mais constantes.

O Ranking completo:

Continue lendo

Diferenças nos gráficos de engajamento

Aqui no Futebol Retweet, atualmente, temos 3 opções diferente de visualização de engajamento em gráficos.

Como exemplo, usarei os números dos 4 clubes de maior engajamento (pontuação absoluta), no Twitter, em dezembro de 2016.

O primeiro gráfico é o mais simples. Pega os números absolutos dos cálculos de engajamento que nos baseamos.

absolutos

No segundo gráfico usamos o Índice de Seguidores. Dividimos a pontuação total pela quantidade de seguidores do perfil e multiplicamos o número por 10.000 (para não ficar muito quebrado). Isso tende a beneficiar os clubes com menos seguidores.

relativo

Muda tanto o ranking que dos 4 primeiros do ranking absoluto, apenas Flamengo e Chapecoense se mantêm nas primeiras colocações.

g4relativo2

No Twitter, esse gráfico alterna bastante. Muitas vezes um clube, derrotado em uma partida, consegue muitos retweets graças às torcidas adversárias, que adoram a ‘desgraça alheia’.

Ainda temos a quantidade de pontos por cada tweet. Para tentar equilibrar os times que postam muito e os que postam pouco.

portweet

Como em dezembro a Chapecoense teve um grande engajamento e publicou poucos tweets, fica até discrepante o gráfico.

Mais uma vez, o top4 mudou em relação ao de pontuação absoluta.

g4porpost

Por essas diferenças é importante analisar os 3 gráficos, para avaliar profundamente as redes sociais dos clubes. Cada um dos gráficos tem uma importância específica.

E em cada rede social esses rankings são diferentes.

 

 

 

chapecoense

As redes sociais abraçaram a Chapecoense com o #ForçaChape

O dia mais triste da história do futebol brasileiro (29/11/2016) foi cheio de homenagens. Todos queriam mostrar o apoio às vítimas do desastre, à torcida, e ao clube catarinense.

Torcedores de clubes do mundo inteiro, os próprios clubes e quem nem liga para futebol, todos se emocionaram e muitos quiseram homenagear a Chapecoense. Uns usaram camisas verdes, outros escreveram textos, alguns se associaram ao clube e muitos resolveram seguir as redes sociais do clube. Para receber mais informações sobre a tragédia, e também não deixa de ser uma forma de carinho.

No gráfico estão os quatro times que mais ganharam seguidores, no Twitter, no mês de novembro.

01-seguidores_twitter_chapecoense

Até parece que nos outros dias mal teve uma oscilação no número de seguidores, em todos os clubes. Mas, na verdade, com a quantidade de seguidores do clube catarinense, as quantidades dos outros, durante todo o mês, ficam desprezíveis.

Continue lendo

entendendo-o-engajamento-no-twitter-1

Entendendo o Engajamento no Twitter

Muitas vezes o grande número de seguidores esconde o engajamento real de uma rede social. Numa análise direta, quem tem mais seguidores tem grandes chances de ter uma pontuação maior do que os que são menos seguidos. Por isso resolvemos fazer um ranking da pontuação relativa dos clubes.

Para fazer uma comparação de engajamento, no Twitter, pegamos a pontuação total de vários clubes (desde o início do monitoramento) e dividimos pelo total de seguidores de hoje (25/07/2016).

A quantidade de seguidores não reflete no engajamento da torcida.

Começamos com os mais seguidos:

Corinthians
Seguidores – 4.487.680
Pontos – 283.317
Pontos/Seguidores = 0,063

Flamengo
Seguidores – 3.711.364
Pontos – 709.851
Pontos/Seguidores = 0,191

São Paulo
Seguidores – 3.165.853
Pontos – 315.909
Pontos/Seguidores = 0,100

O Corinthians é o que mais tem seguidores, mas fica atrás de Flamengo e São Paulo quando comparamos a pontuação com o número de torcedores que os seguem. Ou seja, entre os 3 times, os torcedores que mais interagem com o perfil oficial de seus clubes são os rubro negros.

Um perfil que consegue muita interação, mesmo de torcedores de outros times, é o da Chapecoense. São mais descontraídos e acabam ganhando a simpatia até dos outros torcedores. Garantindo assim um bom coeficiente de engajamento.

Chapecoense
Seguidores – 101.594
Pontos – 18.322
Pontos/Seguidores = 0,180

O time catarinense tem um nível de engajamento quase igual ao do Flamengo.

Mas a maior surpresa foi o Santa Cruz.

Santa Cruz
Seguidores – 85.689
Pontos – 63.561
Pontos/Seguidores = 0,742

O Santa tem um coeficiente de engajamento quase 3 vezes maior que o do Flamengo. Mostrando que mesmo que a torcida não seja das maiores no Twitter, são muito participativos na rede social.

Com dados como estes, podemos avaliar o desempenho de clubes mesmo com diferenças tão grandes na quantidade de seguidores.

Segue a lista crescente dos maiores coeficientes de engajamento, no Twitter:

20
Vitória
0,019

19
Figueirense
0,023

17
Coritiba
0,025

17
Atlético PR
0,025

16
Corinthians
0,063

15
Ponte Preta
0,067

14
Grêmio
0,072

12
Sport
0,080

12
Atletico MG
0,080

11
Palmeiras
0,090

10
Cruzeiro
0,097

08
Santos
0,099

08
São Paulo
0,100

07
Internacional
0,118

06
Botafogo
0,119

05
Fluminense
0,165

04
Chapecoense
0,180

03
Flamengo
0,191

02
América MG
0,456

01
Santa Cruz
0,742

Pode parecer surpreendente a liderança de Santa Cruz e América MG. Como eles possuem menos seguidores, ficam mais suscetíveis a oscilações de tweets que viralizam.

No caso do América, os 3 tweets com maior engajamento são sobre um episódio de machismo que o clube presenciou, e se posicionou contrário a isso.

Esses 3 tweets foram responsáveis por 39% do total de pontos do América MG no ano. Descontando estes pontos, o América MG cairia para uma pontuação de 0,278, mas ainda manteria a segunda posição.

No caso do Santa Cruz, foi um tweet que foi abraçado por outra torcida e ajudou bastante no engajamento.

Mesmo com um grande impacto, o acréscimo no geral foi de 13% dos pontos. Ainda assim, descontando esse tweet, o Santa Cruz se manteria em primeiro com 0,644.

Ou seja, mesmo com torcidas não tão grandes, os dois times conseguem manter um bom engajamento ainda se descontarmos os pontos fora da curva.