money-1548333_1280

Quanto valem as redes sociais de um clube?

As redes sociais dos clubes de futebol têm como função primária fazer a comunicação com os torcedores. Mas hoje vão muito além disso. Geram negócios.

Muitos times de futebol soltam artes com logos dos principais patrocinadores, e isso não é só uma cortesia. Exposição vale dinheiro.

Esse é o total de seguidores (somando Facebook, Twitter, Instagram e YouTube) dos 24 times que monitoramos no momento.

Ranking de seguidores dos times de futebol nas redes sociais

São mais de cem milhões de perfis em redes sociais seguindo os clubes. Claro que algumas pessoas seguem o mesmo clube em várias redes, e alguns seguem até mais de um clube. Mas mesmo assim, são mais de 100 milhões de oportunidades de exposição de marca.

Vários clubes já colocam logos dos principais patrocinadores em parte dos materiais divulgados nas redes sociais. Ou até inserem o produto em vídeos criados só para a internet. Toda essa exposição tem um valor.

No caso do Real Madrid, esse valor é de 500 milhões de euros, por 10 anos.

O clube espanhol negociou a exploração dos direitos de imagem das mídias online do clube por mais de R$ 1,6bi. Se dividirmos o valor por 10 anos, serão 50 milhões de euros por ano. A Emirates paga 34 milhões de euros, por ano, para o patrocínio master do Real Madrid. Ou seja, as redes sociais do clube estão com um valor de exposição maior que o principal patrocínio de camisa.

Um clube de futebol ter um bom engajamento nas redes sociais pode significar muito dinheiro na conta. Por isso é tão importante conhecer a fundo a sua torcida em cada rede social. Como não cansamos de repetir, o comportamento da torcida muda completamente em cada rede.

—ATUALIZAÇÃO—

O @jcm1970mzz deu uma boa sugestão de informar o número de seguidores do Real Madrid, em todas as redes. Em fevereiro estavam em mais de 166 milhões de seguidores. E seguindo a ideia da Cynara Peixoto de calcular o valor de cada seguidor, com o número atualizado chegamos a 0,33 € por perfil que segue o Real Madrid.

Usando o câmbio de hoje, cada torcedor estaria avaliado em R$ 1,10.

Como curiosidade, se os clubes brasileiros conseguissem contratos semelhantes ao do Real Madrid, poderiam arrecadar anualmente os seguintes valores:

Corinthians: R$ 19,7 milhões
Flamengo: R$ 18,7 milhões
São Paulo: R$ 12,7 milhões
Palmeiras: R$ 8,1 milhões
Santos: R$ 7,4 milhões
Grêmio: R$ 6 milhões
Chapecoense: R$ 6 milhões
Vasco: R$ 5,3 milhões
Cruzeiro: R$ 5,2 milhões
Atlético MG: R$ 5 milhões