Análise de Seguidores – Corinthians x Flamengo

Muitos questionam a quantidade de contas suspeitas (inativas ou pouco ativas) dos clubes no Twitter. Resolvemos analisar alguns dados de Corinthians e Flamengo, os dois com maior número de seguidores, para verificar se a suspeita procede.

Para tanto, foram analisados cerca de 500 mil seguidores de cada um, os mais recentes.

38% de seguidores do clube paulista nunca tweetaram. No carioca são 34%. Os perfis que nunca favoritaram nenhum tweet são 42% do Corinthians e 38% do Flamengo.

Agora, um item muito questionado é a famosa imagem de ovo no perfil. O avatar padrão do Twitter está presente em 38% dos seguidores do Timão e 31% no do Rubro-Negro.

Demais dados de análise:

dossie

*** Perfil padrão significa que o usuário não alterou o tema, ou a imagem background, ou o avatar.

Se combinarmos todos os itens analisados, temos 5% de seguidores do Corinthians com perfil inativo e 4% do Flamengo. É um número bem significativo.

Concluímos que os números não são tão discrepantes e portanto, a desconfiança de que muitos dos seguidores são fakes, pode até proceder, mas acontece com os 2 clubes.

Inauguração de CT engaja torcida do Flamengo no Twitter e Instagram

Depois de mais de 30 anos, o Flamengo finalmente inaugurou seu Centro de Treinamento. E a torcida mostrou todo o orgulho de ter um CT de alto nível, interagindo nas redes sociais do clube.

O Twitter já é a rede favorita dos rubro negros, e mostrou um engajamento bem superior aos outros times.

twitter

Conseguiu uma pontuação superior à do Grêmio com o título da Copa do Brasil. São não foi o pico do mês por causa da Chapecoense, que vem conseguindo pontuações impressionantes, com a comoção e apoio, após o acidente.

Outra rede social onde a torcida do Flamengo tem um grande engajamento também conseguiu uma pontuação expressiva. No Instagram a inauguração do Ninho do Urubu garantiu ao clube o maior engajamento de um dia, no mês de dezembro.

Continue lendo

Super Ranking de Engajamento (novembro de 2016)

Quem conhece as principais redes sociais – Twitter, Facebook, Instagram e Youtube -, sabe que há um abismo entre elas. A forma de postar e interagir são apenas duas das grandes diferenças. Às vezes a mesma pessoa, falando do mesmo assunto, lida de forma distinta dependendo do ambiente virtual em que está.

Mesmo com todas as diferenças, resolvemos fazer um ~Super Ranking~, que é a posição consolidada nas principais redes sociais dos 20 clubes da série A de 2016.

Esse tipo de ranking é uma curiosidade de muitos torcedores, que querem saber qual o clube que lida melhor com as redes sociais, em modo geral. Classificamos 30 itens para análise, como explicamos a seguir:

Atribuímos pontuação diferente para cada uma das redes sociais, levando em conta a relevância do assunto “futebol” em cada uma delas, além de sua importância no cenário digital.

Ademais, distinguimos 3 tipos de rankings: (1) Pontuação Absoluta, onde se soma todas as interações de todos os posts de cada clube. (2) Índice de Seguidores, onde a soma do ranking (1) é dividida pela quantidade de seguidores de cada clube. (3) Pontos por Post, onde a soma do ranking (1) é dividida pelo número de posts de cada clube.

No ranking (1) – Pontuação Absoluta – reflete a posição real. Os clubes com mais seguidores tendem a ter uma pontuação maior, já que atingem mais pessoas. E claro, normalmente, os clubes com mais seguidores são aqueles com maior torcida. Alguns podem achar injusto comparar, por exemplo, Flamengo e América MG, os dois extremos quando se tratam de quantidade de torcedores, mas há imputado nisso o mérito do Flamengo em conseguir mais torcedores (seguidores) ao longo dos anos. Além do mais, este é o ranking com menor peso: 1.

No ranking (2) – Índice de Seguidores – minimiza a questão levantada no ranking anterior. Ou seja, é um ranking onde se mede o engajamento individual dos seguidores. É como se disséssemos: o clube X tem Y pontos por seguidor. Portanto, se o clube tem muitos ou poucos seguidores não faz diferença, uma vez que o cálculo é feito levando em conta a média de pontos por seguidor. O peso deste ranking é: 1,15.

No ranking (3) – Média por Post – como o próprio nome já diz, é uma média por post. Ou seja, a cada post, quantos pontos cada clube faz. Isso minimiza um outro problema do ranking (1), que é o de um clube poder postar muito mais do que um outro clube e acabar tendo mais pontos por isso. Um bom exemplo é o do Palmeiras em 28/11/16, onde fizeram mais de 5 mil posts (maioria respondendo os torcedores após o título brasileiro). Nesse caso, certamente teve um bom desempenho no ranking (1) e nem tanto nos demais. O peso deste ranking é: 1,38.

Além disso foram 10 tipos de interações em todas as 4 redes sociais: {1} compartilhamentos no Twitter (5.000); {2} compartilhamentos no Facebook (4.500); {3} comentários no Facebook (4.000); {4} comentários no Instagram (3.500); {5} comentários no Youtube (3.000); {6} curtidas no Twitter (2.500); {7} curtidas no Facebook (2.000); {8} curtidas no Instagram (1.500); {9} curtidas no Youtube (1.000); {10} visualizações no Youtube (500).

Entre parênteses é a pontuação do 1º colocado em cada um dos itens no ranking (1). As demais colocações, subtraiu-se 10% em relação a posição diretamente acima. Para os demais rankings, a lógica é a mesma, porém com pesos diferentes: ranking (2): 1,15 e ranking (3) 1,38, conforme já explicando anteriormente.

Como resultado disso, chegamos ao seguinte ranking:

img1

 

A Chapecoense é o grande destaque de novembro de 2016. Conseguiu, com folga, a primeira posição, com 36% a mais que o segundo colocado. Dos 30 itens analisados, a campeã da Copa Sulamericana foi primeira em 22. São números muito expressivos, ainda mais pelo fato de que a grande maioria foi conquistada em apenas 2 dias, 29 e 30 de novembro.

Na segunda posição vem o Palmeiras, que também conquistou a maioria dos seus pontos a partir do dia 27, devido a conquista do campeonato brasileiro nesta data. Conseguiu primeira colocação em 5 dos 30 itens analisados.

Colado no Palmeiras, vem o São Paulo com destaques para os posts sobre a goleada no Corinthians e o anúncio do ídolo Ceni como técnico do Tricolor. Conseguiu primeira colocação em apenas 1 dos 30 itens analisados.

Fechando o G4 vem o Flamengo, empurrado por uma força sobrenatural chamada Fla-Twitter. Conseguiu primeira colocação em 2 dos 30 itens analisados.

Os destaques negativos ficam por conta dos gigantes mineiros. Atlético e Cruzeiro ocupam apenas as 13ª e 14ª posições, respectivamente. O desempenho de ambos no Youtube, por exemplo, é pífio.

O Cruzeiro fica entre os 4 últimos em todos os critérios no Youtube. Já o Atlético tem um atenuante nesta rede social, pois o ranking (2), que depende do número de seguidores, o clube não pontuou porque não libera publicamente o número de seguidores.

Outro destaque negativo é o Atlético PR, tão elogiado administrativamente, é o penúltimo colocado! Comparando com seu grande rival estadual a situação é crítica. 8 posições os separam…

Mês que vem tem mais Super Ranking 😉

spfc2

São Paulo é destaque de engajamento em Novembro

O ano de 2016 não vai deixar saudades para o São Paulo, no entanto, em meio a uma campanha que pouco empolgou no Campeonato Brasileiro, a torcida tricolor mostrou o seu potencial de engajamento nas redes sociais com os acontecimentos de Novembro. O mês para o São Paulo, começou com uma goleada por 4×0 no clássico contra o Corinthians e terminou com o anúncio da volta de Rogério Ceni ao clube, agora como treinador. As vitórias diante de Grêmio e Atlético-MG e a contratação do atacante Wellington Nem, tiveram, individualmente, uma repercussão menor, comparando-se com os dois principais eventos do mês, mas reuniram um peso notável para os impressionantes números de engajamento dos perfis do tricolor paulista.

Em termos de novos seguidores, o São Paulo aumentou sua base no Twitter em 30.301 novos followers, 194% acima da sua média mensal até Outubro. No Facebook, foram 38.805 novas curtidas, impressionantes 679% a mais do que a média mensal até o momento, que era de cerca de 5.700 novas curtidas por mês.

imagem-1

Continue lendo

chapeluto

Homenagens à Chapecoense dominam os principais tweets dos clubes

Quanto mais analisamos os dados das redes sociais, nos períodos próximos ao acidente da Chapecoense, mais fica impressionante a força das homenagens.

Os tweets de maior pontuação de 19 dos 20 clubes da Série A, desde quando começamos o monitoramento (08/16), são de homenagens à chapecoense.

Sendo que seis deles (Atlético MG, Atlético PR, Corinthians, Flamengo, Sport e São Paulo) estão com 5 homenagens entre as 5 mensagens de maior pontuação. Os clubes fizeram os tributos e as torcidas apoiaram.

Para ajudar na comparação, o tweet de comemoração ao título do Palmeiras ficou apenas em 5º lugar, no ranking do clube. E fez pouco mais de 10 mil pontos. Já a homenagem à Chape, que ficou em 1º, teve mais de 50 mil pontos. o tributo ao time catarinense, e as vítimas do acidente, teve quase 5 vezes mais engajamento que a comemoração do título brasileiro.

O tweet de maior pontuação, de todo o nosso monitoramento, é da Chapecoense homenageando seus jogadores e comissão técnica.

O engajamento dessa mensagem chegou a quase 900 mil pontos. O segundo maior foi o escudo do Clube, de luto, com mais de 600 mil pontos, e o terceiro foi do agradecimento às homenagens, com mais de 130 mil pontos.

Mais uma vez, para ajudar na comparação, o Tweet de maior pontuação, que não seja da Chape, é uma homenagem do Flamengo à tragédia, com pouco mais de 100 mil pontos. O post de maior engajamento, que não está relacionado com o acidente é um do Flamengo, provocando o Botafogo, com quase 30 mil pontos.

Ou seja, o maior engajamento de um Tweet sobre a tragédia foi 20 vezes superior ao maior engajamento de um tweet comum. Ajuda a mostrar o tamanho do apoio que todas as torcidas estão dando à Chape.

O único clube que não teve uma homenagem como o post de maior pontuação foi o América MG. Mesmo assim, o tributo ficou em segundo.

 

 

 

chapecoense

As redes sociais abraçaram a Chapecoense com o #ForçaChape

O dia mais triste da história do futebol brasileiro (29/11/2016) foi cheio de homenagens. Todos queriam mostrar o apoio às vítimas do desastre, à torcida, e ao clube catarinense.

Torcedores de clubes do mundo inteiro, os próprios clubes e quem nem liga para futebol, todos se emocionaram e muitos quiseram homenagear a Chapecoense. Uns usaram camisas verdes, outros escreveram textos, alguns se associaram ao clube e muitos resolveram seguir as redes sociais do clube. Para receber mais informações sobre a tragédia, e também não deixa de ser uma forma de carinho.

No gráfico estão os quatro times que mais ganharam seguidores, no Twitter, no mês de novembro.

01-seguidores_twitter_chapecoense

Até parece que nos outros dias mal teve uma oscilação no número de seguidores, em todos os clubes. Mas, na verdade, com a quantidade de seguidores do clube catarinense, as quantidades dos outros, durante todo o mês, ficam desprezíveis.

Continue lendo